30

MAIO

Dia dos Namorados, Copa do Mundo e chegada do inverno servem de incentivo para comércio no mês de junho

O mês de junho trará mais incentivos ao comércio. Além do tradicional Dia dos Namorados comemorado no dia 12, esse ano a Copa do Mundo que inicia no dia 16 promete movimentar as vendas em todo o Brasil em alguns segmentos. Mesmo sendo na Rússia, um estudo realizado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) revela que três em cada dez (33%) micro e pequenos empresários dos ramos do comércio e serviços estimam que as vendas dos setores como um todo aumentem no período dos jogos.

Entre os que projetam crescimento nas vendas da própria empresa (20%), a estimativa é de que o volume médio de vendas seja 27% superior ao mês anterior do mundial. Na percepção da maioria dos empresários entrevistados, esse otimismo refere-se ao aumento do faturamento, principalmente, em setores que lucram com o consumo sazonal de produtos nesta época e estão diretamente ligados ao evento, como souvenirs (80%), comércio informal (72%), bares e restaurantes (68%), supermercados (66%), comércio eletrônico (57%) e transporte (51%).

Na cidade polo do Oeste, a Câmara de Dirigentes Lojistas de Chapecó (CDL) acredita que as vendas também tenham um incremento em decorrência da proximidade do inverno. “As lojas estão renovando os estoques de frio e isso também serve como estímulo de vendas, mesmo em um momento complicado pelo qual passa nossa economia”, observa o presidente da entidade, Clóvis Afonso Spohr.

Conforme o dirigente, a expectativa de incremento é de até 5% levando em consideração os estímulos do período. “Temos um evento esportivo que movimenta o País, uma data comemorativa que representa muito para o comércio e a chegada da estação mais fria do ano que também faz com que consumidores precisem renovar seus guarda-roupas. Tudo isso serve de incentivo para que os lojistas inovem e garantam boas vendas”, salienta Spohr.

Para comemorar o Dia dos Namorados muitas são as opções. Os setores de vendas de bens de consumo e também serviços, como bares e restaurantes, espera incremento durante esse mês. “Essa é mais uma data para o comércio potencializar suas vendas, cabe a cada lojista inovar e investir em atrativos para os consumidores. Uma vitrine bem decorada, preços especiais e atendimento com excelência são alguns dos diferenciais decisivos na hora das compras”, conclui o presidente.

DIA D

Como tradicionalmente ocorre nos outros meses do ano, a CDL Chapecó promove neste e no próximo sábado (02 e 09) o Sábado D com horário livre e atendimento no comércio. A intenção é oportunizar uma maior opção de horários para a compra dos presentes.

Fonte: MB Comunicação

compartilhar