23

AGO

Chapecó 104 anos: o comércio faz parte desta história

Clóvis Afonso Spohr, presidente da CDL Chapecó  

Chegamos aos 104 anos com novas histórias para contar. Nos últimos 18 meses vivemos um cenário de incertezas que nos obrigou a tomar decisões rápidas, tanto no aspecto de prevenção e cuidado à saúde, quanto nas questões econômicas. Foi preciso testar nossa capacidade de nos reinventarmos em pouco tempo e, hoje, percebemos o quanto somos fortes e capazes de superar adversidades por mais complicadas que sejam.

Aliás, capacidade para driblar dificuldades, buscar soluções e inovar é algo que está no DNA dos chapecoenses. Desde que o município foi fundado tivemos lideranças públicas que transformaram a cidade, dinamizaram a economia e foram essenciais para desenvolver todos os segmentos de forma extraordinária. Essa grandeza, desenvoltura e competência são motivos de orgulho para todo cidadão chapecoense que também é engajado e comprometido com o desenvolvimento local. Quando falo em competência me reporto não só às administrações públicas, mas a toda sociedade civil muito bem organizada que, independentemente de qualquer contratempo, sempre esteve unida e se dedicou de forma muito responsável e com critérios éticos acima de tudo.

É por tudo isso que hoje somos referência na educação, na agroindústria, na saúde, no turismo de negócios, no comércio, na inovação e na tecnologia. Contamos com todos os segmentos fortemente representados e não precisamos sair de Chapecó para buscarmos qualquer serviço, fazermos qualquer compra ou conhecermos qualquer tipo de tecnologia. Todo esse dinamismo nos dá o conforto de vivermos em uma cidade muito bem pautada e indiscutivelmente desenvolvida.

A CDL acompanhou de perto esse progresso, desde os 50 anos de emancipação do município em 1957, quando 24 empresários se uniram e criaram a entidade com o propósito de desenvolver, incentivar e fortalecer o nosso comércio e de contribuir com todos os demais setores. Hoje somos mais de 1.700 associados e continuaremos honrando nosso compromisso com a cidade e seu povo pelos próximos centenários.

Essa trajetória nos faz sentir um orgulho imenso quando enxergarmos um futuro promissor ao mirarmos o horizonte. Pensar o comércio para daqui 15 anos, por exemplo, é no mínimo um exercício de futurologia, sobretudo, pelo contexto de pandemia dos últimos 18 meses. Se retornarmos ao no final de 2019, a expectativa na época era de retomada da economia, com uma tendência de muito crescimento ao longo de 2020, nos mais diversos setores. Esperava-se uma média de crescimento muito acima dos anos de 2018 e de 2019, considerando os diversos canais de vendas.

Em março de 2020, tudo o que esperávamos mudou radicalmente, seja para o lado positivo ou negativo da economia. Determinados setores cresceram exponencialmente, enquanto outros quase foram extintos ou estão agonizando até agora.

Essa década será marcada pelo avanço tecnológico e pela necessidade de adaptação dos atuais players do mercado. Nós percebemos que, independentemente de qualquer adversidade, a sociedade chapecoense já provou que sua capacidade de resiliência está acima de tudo. Por isso, parabenizamos a cidade e seguimos em frente com alegria felicidade por viver aqui! Parabéns chapecoenses por estes 104 anos!

Fonte: MB Comunicação

compartilhar