26

AGO

CDL Chapecó doa kit para equipe de robótica do Colégio Bom Pastor

Estudantes participam de competições nacionais e internacionais

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Chapecó (CDL) entregou, nessa semana, à equipe de robótica do Colégio Bom Pastor um kit de robótica da LEGO de última geração. A doação auxiliará a equipe de 20 estudantes na elaboração dos robôs e na participação em competições nacionais e internacionais. A doação foi feita como forma de incentivo aos estudantes que participam do projeto a fim de que venham se desenvolver em suas vidas pessoal e profissional.

De acordo com o presidente da CDL Chapecó, Clóvis Afonso Spohr, a entrega desse kit representa a oportunidade de que outros jovens venham a ter acesso a esse tipo de tecnologia que tem crescido nos últimos anos. “Representa uma escada para o futuro dos estudantes que têm o desejo de seguir e investir nessa área. Para nós é uma honra ajudar, ainda que de maneira singela, com a construção de sonhos. O nosso papel enquanto CDL Chapecó é contribuir para o desenvolvimento do município e nisso entra o incentivo à educação de qualidade e o investimento no futuro por meio de ações transformadoras como essa”, destacou.  

O projeto iniciou em 2015 como uma oficina de robótica, por meio de iniciativa do professor de matemática do Bom Pastor, Carlos Rutz. “Comecei a trabalhar no laboratório de matemática e vi que a escola possuía um material de robótica, já antigo, guardado. Com autorização da direção demos o pontapé inicial com alunos do primeiro ano do Ensino Médio participando de feiras e mostras de ciências”, relembrou o professor.

Em 2016 a equipe, formada por 20 estudantes, participou de sua primeira competição em Chapecó e, posteriormente, no Estado. No mesmo ano chegou a competição nacional e foi então que se identificou pontos onde era preciso investir e melhorar para alcançar um melhor nível de trabalho. “Nosso material era ultrapassado para as competições, mas mesmo assim trabalhamos com criatividade e inovação e em 2018 participamos do torneio internacional em Guarulhos (SP), onde fomos campeões na categoria cabo de guerra de robôs. Em 2019 novamente no torneio internacional, em São Luiz do Maranhão (MA) conquistamos o primeiro lugar na mesma categoria. Isso foi um incentivo para nossa equipe e provou que somos capazes de alçar voos ainda mais altos”, afirmou Rutz.

Segundo ele, a doação da CDL Chapecó foi o melhor momento desde a criação da equipe. “Isso representa muito na nossa história. Com esse kit poderemos inovar ainda mais, ampliar a participação em competições e também oportunizar para que novos estudantes venham conhecer o universo da robótica e, quem sabe, investir nisso no futuro também. Não temos palavras para agradecer esse gesto da CDL, que mostra a preocupação da entidade com o futuro dos estudantes de Chapecó”, complementou.

Guilherme Kolakowski, de 19 anos, é estudante de Ciências da Computação e fez parte da primeira turma do projeto. Para ele, foi um divisor de águas em sua vida. “Foi por meio da robótica que descobri o que queria para o meu futuro profissional. Uma oportunidade única e que para nós, que estudamos em escola pública, talvez não teríamos em outros espaços. Queremos que outros alunos tenham contato com esse projeto e possam se descobrir como pessoa e profissional”, observou.

 

 

Fonte: MB Comunicação

compartilhar