29

NOV

CDL Chapecó abre as portas da Casa do Papai Noel

O Bom Velhinho chegará em carreata que percorrerá alguns bairros do município

 

Neste sábado (1º) o “Bom Velhinho” chega a Chapecó para a abertura da Casa do Papai Noel da Câmara de Dirigentes Lojistas de Chapecó (CDL). A abertura ocorrerá a partir das 18 horas, na Praça Coronel Bertaso e segue até o dia 23 de dezembro, das 18h às 22h. A chegada do Papai Noel será em grande estilo. A partir das 14 horas do sábado ele sai em carreata da frente do Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes e percorre alguns bairros de Chapecó, dando as boas-vindas a uma das épocas mais esperadas do ano, principalmente pelas crianças.

“Estamos chegando ao mês mais mágico do ano. O Natal traz um clima especial, não somente para o comércio por ser a principal data em movimentação econômica, mas, principalmente para as famílias que vivem intensamente esse ‘espírito natalino’ de comunhão, amor, paz, esperança e união. A chegada do Papai Noel e a abertura da Casa serão o pontapé inicial, junto com a inauguração das luzes da Prefeitura que ocorre na sexta-feira, do Natal 2018”, antecipa o presidente da CDL Chapecó, Clóvis Afonso Spohr.

O Papai Noel além de receber as famílias para abraços e fotos, também recolherá cartas com pedidos natalinos. Os interessados poderão entregar e retirar as cartas até o dia 21 de dezembro, das 18h às 22h. “O Papai Noel receberá todas as cartinhas em mãos, as quais devem conter nome completo da pessoa beneficiada, telefone de contato e endereço. O presente deverá ser entregue diretamente na casa da criança”, explica o vice-presidente da CDL Chapecó, Gilberto João Badalotti.

A entidade incentiva que empresários chapecoenses, clubes de serviços, entidades e a comunidade em geral adotem pelo menos uma cartinha neste Natal. “Essa é uma época de comunhão e amor ao próximo. A maioria das crianças que escreve para o Papai Noel são de famílias em situação de vulnerabilidade social e os pais, muitas vezes, não possuem condições financeiras de presenteá-los. Esse é um gesto que pode fazer toda a diferença”, complementa Spohr.

 

 

Fonte: MB Comunicação

compartilhar